Koenig & Bauer espera crescer em 2021

KBA acredita numa retomada em 2021 e trabalha estratégia para os próximos 5 anos

PUBLISHED

A fabricante de máquinas impressoras offset Koenig & Bauer auferiu uma receita de vendas em 2020 ao redor de EUR 1 bilhão (em 2019, EUR 1,2 bi), mesmo em face às dificuldades impostas pela pandemia da Covid19.

O declínio de 17,4% nas vendas é reflexo das medidas governamentais ao redor do mundo para conter o avanço da pandemia. Dentre estas medidas, as próprias restrições de mobilidade, que impedem vendedores e representantes comerciais de visitar prospectivos clientes para consolidar vendas.

Baixe grátis agora mesmo, como cortesia, a última edição de 2020 da ProjetoPack em Revista.

Baixe gratis agora mesmo, a última edição de 2020 da ProjetoPack em Revista.

Os serviços acabaram por representar aproximadamente 30% do faturamento do grupo em 2020.

O declínio no número de pedidos, de 14,6% para EUR 975 milhões (em 2019, EUR 1.1 bi) também tem relação direta com a pandemia – especialmente dada a relutância das gráficas em realizar novos investimentos num cenário de grande incerteza e instabilidade econômica, política e sanitária.

Todavia, o declínio das receitas da Koenig & Bauer em 2020 foi bem menos pronunciado do que a indústria gráfica em geral (24,2% de queda nas vendas e 21,9% de redução dos pedidos), conforme informações apresentadas pela VDMA (Associação Alemã dos Fabricantes de Máquinas).

O backlog da Koenig & Bauer em 31 de dezembro de 2020 foi avaliado em EUR 623 milhões, uma redução ainda sutil de 7,9% com respeito ao ano anterior (EUR 686 milhões em 31 de dezembro de 2019).

Seu EBIT (Earnings Before Interest, o nosso LAJIR) contabilizou EUR 68 milhões em 2020 (EUR 70 milhões em 2019). Um EBIT ajustado, porém, mostra um cenário ainda mais favorável à companhia.

Em síntese e considerando uma série de questões contábeis, os prejuízos auferidos no período pandêmico estão contingenciados em um plano de recuperação novo com duração de cinco anos.

“Olhando os pedidos na casa, conseguimos ver a Koenig em menor dificuldade do que em 2020 e do que a nossa indústria como um todo. Apesar de tudo, da cautela e da incerteza advinda das condições econômicas, tomaremos isso como um sinal para focar de forma certeira com nosso range de máquinas e serviços.

explica Dr. Andreas Pleßke, CEO da Koenig & Bauer AG

Por exemplo, a impressão de papelão ondulado pode experimentar um crescimento significativo nos próximos anos em função do aumento do e-commerce.

A impressão de embalagens para alimentos, cosméticos e fármacos, idem. A Koenig & Bauer tem expandido a sua fábrica de Radebeul, tornando ela um verdadeiro centro de experiência ao cliente ao demonstrar a performance das nossas impressoras em todos estes setores mencionados.

Nosso centro de experiência exibe também uma série de inovações de impressão de embalagens, corte plano e rotativo, coladoras e fluxos de trabalho totalmente integrados.

Estamos convictos de que tudo isso reforçará e expandirá nossa presença em mercados para além da impressão de embalagens.

conclui dr. andreas.

Leia mais em nosso site:
Benpac não paga Heidelberg e a venda da Gallus é suspensa

Share this:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Campos obrigatórios são marcados com *

Related

Subscribe to Infopack on LinkedIn

Posts Relacionados

Arquivo