Dantex Pico: uma nova opção para Labels

As velocidades também impressionam, podendo chegar estavelmente dos 50 metros por minuto aos mais de 70 metros por minuto

PUBLICADO

dantex pico

A cada dia que passa, as indústrias de rótulos e etiquetas sentem na pele o encolhimento das tiragens na impressão. A flexografia ainda possui – e por bastante tempo, sustentará sua posição – destaque como o sistema mais versátil e apto a entregar a qualidade e a performance necessárias a maioria das indústrias convertedoras. Isto é um fato.

Mas é inegável também o fato de que a máquina impressora digital certa pode trazer um grande benefício econômico e comercial a estas mesmas empresas.

O difícil é justamente, em meio a tantas opções e tecnologias diferentes, escolher a máquina que melhor se adequa ao perfil de tiragens, produtos e clientes da sua empresa.

Baixe grátis agora mesmo, como cortesia, a última edição de 2020 da ProjetoPack em Revista.

Baixe gratis agora mesmo, a última edição de 2020 da ProjetoPack em Revista.

No topo da pirâmide estão as soluções de impressão digital industriais, de alta performance, lideradas em participação de mercado pela israelense HP Indigo (com seu sistema proprietário de offset digital), disputando de forma cada vez mais acirrada com os expoentes da categoria “inkjet UV”: Bobst (plataforma Mouvent), Domino, Durst e Epson.

O mercado do digital é amplo e segmentado. Existem diversas outras possibilidades – tanto em tecnologia (base água, toner seco etc.) como em porte do equipamento e fabricante. É preciso empreender um certo esforço para manter-se atualizado, face ao avanço contínuo dos sistemas digitais.

Recentemente e graças à visão empreendedora de uma empresa que comercializa insumos e equipamentos para impressão offset e dry offset, a Dugraf Group, estabeleceu-se uma parceria com a Dantex para trazer ao mercado brasileiro as impressoras digitais Dantex Pico, de tecnologia Inkjet UV.

Picojet 330S hybrid
Impressora digital PicoJet 330S

Aptos à produção de pequenos e médios volumes, estas impressoras podem ser vendidas munidas de inúmeros opcionais – dentre eles uma série de acabamentos em linha – e configurações que vão desde quatro até oito cores, com destaque para um “super branco”, sabidamente um problema para boa parte das impressoras digitais do mercado.

As velocidades também impressionam, podendo chegar estavelmente dos 50 metros por minuto aos mais de 70 metros por minuto, dependendo do modelo do equipamento e das características técnicas do impresso – sempre em resolução de 1200 x 1200 DPI.

Esta máquina chega em boa hora ao mercado nacional de rótulos e etiquetas. Precisamente num momento em que, as vésperas da mais importante feira do setor do país, convertedores dos mais variados portes estão provisionando investimentos e definindo estratégias para atender as novas demandas de seus atuais clientes e prospects por impressos de alta qualidade, com branco de alta opacidade, em tiragens segmentadas e curtas e a preços competitivos.

Leia mais em nosso blog:

Flexo & Labels reunirá o melhor da tecnologia para impressão de rótulos e etiquetas

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relacionados

Assine o Infopack no LinkedIn

Posts Relacionados

Arquivo