Uma luz no fim do túnel?

PUBLICADO

A semana passada encerrou com uma notícia chocante: mais de 600 mil micro e pequenas empresas faliram até o momento com a crise “Coronavírus + petróleo em queda”, deixando para trás 9 milhões de profissionais desempregados.

De acordo com o #Sebrae, mais de 30% dos empresários tiveram de recorrer a empréstimos para manter o negócio funcionando e, no entanto, quase 60% deles encontraram uma solene “porta na cara” por parte das instuições financeiras.

Algumas medidas paliativas foram tomadas, mas ao que parece, um tanto confusas (pelo menos até o momento). A pesquisa da entidade apontou, por exemplo, que perto de 30% dos entrevistados desconheciam as medidas, e uma outra parcela significativa tinha “ouvido falar, mas tinha dúvidas a respeito do funcionamento”. A escassez do crédito, portanto, é um problema que pode agravar bastante o cenário.

O consultor Davi Domingues, oriundo do segmento de rótulos e etiquetas, fez o upload recente de uma entrevista em seu programa “Suas Impressões”, onde entrevista o sócio-fundador da Loara, uma empresa especializada na concessão de crédito empresarial, que corrobora essa necessidade de giro como sendo um fator preponderante na sobrevivência durante e após a covid19.

Temos recebido mensagens a cada Infopack, perguntando sobre uma suposta luz no fim do túnel (Neusa Oliveira, da EDN Embalagens foi a mais recente a nos indagar a respeito – obrigado!).

Sim. Hoje a Europa sinalizou que está deixando a zona do “urso” (bear market). Os EUA também o fizeram, na semana passada. O chamado “VIX” (Índice de Volatilidade que, dentre muitas coisas, expressa a tensão e desconfiança dos investidores e do mercado) tem caído sensívelmente, com notícias não tão desanimadoras sobre a queda do PIB Chinês, o possível entendimento na disputa do petróleo e as iniciativas da área da saúde – que mostram possível achatamento da curva na Europa (Itália e Espanha) e alternativas para o combate à Covid19 (em breve, remédios viáveis, testados e validados).

Ainda há muita incerteza, mas sim – há uma luz no fim do túnel. É hora de dedicarmos tempo à estratégia para a “volta”.

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Assine o Infopack no LinkedIn

Posts Relacionados

Categorias

Arquivo