Todas as vantagens de expandir a gama de cores

PUBLICADO

Quando a Amcor, que atua nos mercados da Austrália e Nova Zelândia, recebeu a tarefa imprimir a reformulação de uma marca de batata-frita, o gerente de pré-impressão Gary McQuiggan passou a trabalhar com uma grande variedade de cores e, por outro lado, não podia comprometer nenhum produto específico na linha ou gerar um custo inviável. Esta foi a forma que a flexo e a gama de cores expandida o ajudaram a realizar o trabalho e impressionar o cliente.

As reformulações de marcas podem ser complicadas para as gráficas. Tomemos como exemplos produtos alimentícios e bebidas. Cada versão do produto precisa se destacar na prateleira como se fosse exatamente aquilo que o consumidor necessita. A empresa tem o desafio de produzir cores vivas, chamativas e consistentes, assim como fotos do produto, sem gerar nenhum impacto adverso em outros produtos da linha. Além disso, precisa repetir o desempenho continuamente por meio de cores completamente diferentes.

Enquanto isso, a marca que mantém toda a linha unida também deve se destacar. É possível? Claro que sim. Mas também parece complicado e caro.

Em 2016, a Amcor, usuária das chapas KODAK FLEXCEL NX, relançou uma grande marca de batata frita na Austrália – novo logotipo, novas fotos dos produtos e pacotes diferentes para uma grande variedade de sabores.

Para Gary McQuiggan, gerente de pré-impressão da Amcor na Austrália e Nova Zelândia, as impressões com a gama de cores expandida CMYK (CMYK Expanded Color Gamut, ou CMYK ECG) ofereceram uma maneira de entregar a qualidade necessária mantendo os custos baixos.

“A gama de cores era extrema”, contou ele. “Amarelos, magentas, azuis escuros e verdes, todos vivos; a linha tinha todas as cores possíveis e imagináveis. Normalmente, se um profissional de marketing chegasse dizendo que queria um pacote de verdes mais fortes, seria possível fazer isso, mas, por exemplo, afetaria o sabor original ou o de churrasco. Mas, com nossa nova abordagem CMYK ECG, eu posso dizer: ‘Basta alinhar com nosso perfil atual, não é necessário ajustá-lo’. Nas duas semanas seguintes tínhamos ilustrações novas em mãos e estávamos a todo vapor. O dono da marca elogiou bastante os resultados.”

Atendendo a demandas

A ECG tradicional funciona oferecendo um conjunto padronizado de tintas para a impressora usar. Normalmente, pensa-se na ECG como um conjunto de tintas de sete cores padrão. Por exemplo, CMYK, laranja, verde e roxo. É excelente em termos de eficiência, pois reduz os prazos de pré-produção, eliminando a necessidade de verificar a qualidade das novas tintas toda vez que for imprimir. Assim, se está eliminando etapas, como o tempo de limpeza na impressora e o uso de partes desnecessárias na configuração. Tudo muito conveniente quando o trabalho exige imprimir tantas variedades diferentes em um só trabalho. O que difere na abordagem da Amcor é que a empresa encontrou uma maneira de expandir a gama de cores usando apenas QUATRO cores.

Agora, a Amcor possui vinte e quatro máquinas na região e todas elas usam chapas KODAK FLEXCEL, fornecidas pelo Kirk Group, especialistas em pré-impressão. Um dos principais motivos para adotar a FLEXCEL NX plate technology é a facilidade: Gary diz que isso permitiu que eles fizessem tarefas de sete cores com quatro cores “muito rapidamente”. Citando outros exemplos, ele fez a migração de uma das maiores marcas de biscoitos da Austrália da tecnologia de rotogravura com nove a dez cores para o processo flexográfico de quatro cores.

“Antigamente, ninguém imaginava ser possível usar quatro cores para produzir embalagens junto com a atividade promocional e com a impressão padrão. Agora é possível fazer isso graças às chapas KODAK FLEXCEL “, diz.

Gary tem só elogios para as equipes de impressão, montagem e tintas das instalações da Amcor em Moorabbin, mas também exalta a versatilidade que as chapa KODAK FLEXCEL oferecem a esses profissionais.

 “No momento, estou fazendo uma ação promocional de super-herói para uma grande marca”, diz ele. “Antigamente, ninguém imaginava ser possível produzir as embalagens junto com a atividade promocional e com a impressão. Agora é possível fazer isso graças à chapa KODAK FLEXCEL.”

Tudo se alinhando

Gary ainda explica como a flexo, com suas configurações e impressões mais rápidas, gera um enorme impacto positivo nos custos. Os resultados agora se equiparam aos da rotogravura, uma opção muito mais cara na Austrália. Graças à gama de cores expandida, ele pode fazer o mesmo trabalho usando de quatro a cinco cores em flexo para obter um altamente competitivo.

“Todas as empresas estão sob pressão por custos e preços”, conta Gary. “Acho que isso é o que importa aqui: para uma empresa como a Amcor, poder configurar uma só máquina e fazer nela impressão superficial e reversa na mesma sequência, usando um só sistema de tintas… É impressionante a vantagem que isso traz para nós”, afirma.

E para os clientes dele? Como resultado, eles puderam redirecionar seus orçamentos. O dinheiro que costumava ser destinado a reproduções, testes e ajustes agora fica liberado para ser usado na expansão da atividade promocional.

Mas a eficiência de custo não é a única consequência. Nenhuma economia valerá à pena se a qualidade do produto final não for satisfatória. Voltando ao exemplo da batata-frita, a ECG de quatro cores permitiu que Gary entregasse exatamente o que interessava ao cliente: a qualidade que gera repetição de negócios e uma paleta de cores muito mais ampla, que não compromete a marca e une toda a gama de SKUs.

“Consistência é um fator importantíssimo, especialmente se, nesse processo, você está convertendo as cores da marca”, revela Gary. “A divulgação da marca é o essencial nesse trabalho. É meu trabalho convencer o usuário final de que é possível gerar as cores da marca dele nesse processo.”

Graças à CMYK ECG, Gary pôde produzir as fotos do produto e as cores especiais da marca em uma chapa sem comprometer a marca. O logotipo era um diamante grande no meio da embalagem, com o nome da empresa estampado em branco sobre um fundo vermelho invertido. Tudo encapsulado por uma delineação azul reflexiva e um brilho amarelo quente.

“Com uma chapa tradicional, eu teria bastante trabalho para chegar a um ponto que deixasse o cliente satisfeito”, diz Gary. “Mas, usando uma abordagem com CMYK ECG com a chapa KODAK, obtive muito mais densidade e variedade na gama de cores, e foi basicamente de primeira”, afirma.

O dono da marca elogiou isso também?

“O logotipo ficou incrível”, respondeu Gary. “A foto do produto veio logo depois, seguida do fundo. Adivinhe: Entreguei os três de uma vez.”

Fonte:

PARLA!Assessoria – Paulo Stucchi – tel: 11 3413-4416

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados