Esko inaugura fábrica para a soluções de gravação de chapas flexo, com exclusivo Centro de Experiência aos Clientes

Graças à contínua expansão dos negócios de gravação de chapas flexográficas, a Esko mudou suas operações para uma nova planta, maior, também localizada em Itzehoe, Alemanha. A nova área, com 4.300 m2, abriga ainda um Centro de Inovação em flexografia.

Na quarta-feira da semana passada, dia 21, a Esko (www.esko.com) anunciou a abertura de sua nova planta de fabricação em Itzehoe, Alemanha, que reunirá todo o negócio de gravação de chapas flexográficas sob um mesmo teto, incluindo pesquisa, engenharia, desenvolvimento de produto, testes e produção.

Centro de Experiência para o Cliente

A nova planta abriga ainda um completo Centro de Experiência para o Cliente, onde clientes e parceiros poderão vivenciar os detalhes técnicos e do negócio da flexografia. O novo Centro foi montado para demonstrar a excelência da Esko em todo o ecossistema de gravação de chapas, do design à pré-impressão, passando pelo gerenciamento de cores, pré-impressão da chapa flexo, gravação e exposição, até o corte das chapas para a montagem e impressão. O novo Centro de Experiência para o Cliente, em Itzehoe, prova que a Esko é capaz de produzir as chapas de maior qualidade para testes e benchmarks.

Fabricação e montagem

Na nova planta em Itzehoe será feita a fabricação e montagem dos equipamentos líderes no mundo em gravação de chapas flexográficas, CDI Crystal e CDI Spark, e dos sistemas de exposição XPS Crystal.

O local foi projetado para atender às necessidades do negócio e da produção da Esko, dentro do conceito de flexografia digital, otimizando a excelência operacional. “Estamos muito satisfeitos com todo o processo, desde a colocação da pedra fundamental até a mudança definitiva e o início da produção nas novas instalações,” comentou Holger Jacobsen, Gerente da Planta da Esko. “Todos – do arquiteto ao construtor, passando por todos os fornecedores e colaboradores – trabalharam juntos para cumprir o cronograma bem desafiador. É um ambiente moderno, um grande local de trabalho para nosso time e que certamente receberá muitos visitantes no futuro.”

Posição única em flexografia

A Esko foi pioneira em flexografia digital mesmo antes da planta de Itzehoe, por mais de um quarto de século. Itzehoe é o berço da gravação digital de chapas flexo e hoje a Esko detém um share superior a 70% do mercado mundial. Os sistemas da Esko são neutros e abertos a praticamente todos os tipos de chapas flexográficas digitais. Na indústria global de impressão flexográfica, a Esko é considerada um player fundamental, ligado a todos os grandes fabricantes de impressoras flexográficas, fabricantes de chapas e a uma grande gama de fornecedores para esta indústria.

O atual Presidente da Esko, Udo Panenka (seu mandato termina em 10 Janeiro de 2019), vê um futuro promissor para o negócio de gravação de chapas flexo da Esko e para a planta de Itzehoe: “Itzehoe continuará a ser o epicentro de tudo relacionado a flexografia, do desenvolvimento à entrega do serviço. Nos últimos anos, a indústria continuou a aplaudir as inovações fora de Itzehoe, como o premiado sistema XPS Crystal para exposição UV de chapas, que estabeleceu um novo padrão de qualidade, consistência e produtividade. Recentemente também lançamos o Print Control Wizard, uma ferramenta inteligente que facilita muito a seleção do melhor conjunto de retículas para cada substrato e aplicação, e que tem sido recebido com muito entusiasmo pelo mercado. E ainda há muito por vir.”

A mudança para uma nova planta é outra indicação do nível de investimentos que a Esko faz no mercado de gravação de chapas flexográficas, considerado estratégico. “Estamos bem posicionados para aproveitar as grandes oportunidades de simplificação e automatização de todo o processo de gravação de chapas flexo, do design ao acabamento da chapa pronta para ser montada na impressora. E estamos buscando esta excelência para beneficiar nossos clientes e a indústria como um todo. Estamos muito orgulhosos deste importante passo e otimistas sobre o futuro brilhante e inovador da flexografia!” conclui Panenka.

Mais informações sobre a nova planta da Esko em Itzehoe e sobre o extensor portfolio de soluções da empresa para as indústrias gráficas e convertedores de embalagem visite www.esko.com.

Fonte: Liliam Benzi – ldbcom@uol.com.br.

 

Comentários

Comentários